Esperança para a Família

Esperança para as famílias é um importante assunto para uma sociedade sem esperança como a que vivemos. É nesse contexto que escritores cristãos nos ajudam a compreender a importância de mantermos a esperança de nossa família firmada em Cristo. Eis algumas razões:

1) ELEMENTOS PREJUDICIAIS À NOSSA ESPERANÇA.

Quais os elementos ligados à família que podem destruir a nossa esperança? Cameron Lee, escrevendo do contexto norteamericano, vê os valores do mercado de consumo, embutidos na vida familiar contemporânea, como “exemplos das falsas esperanças ou mesmo desesperança de nossa cultura moderna e pós-moderna”. Outros elementos, indicados por esse autor, que também prejudicam a esperança da família, são: “a discórdia conjugal, o adultério, a delinquência e o fantasma do desemprego” (no Brasil, fala-se de 14 milhões de desempregados).

Além disso, temos: as enfermidades emocionais, a violência, o divórcio, dentre tantos outros fatores nocivos à esperança para as famílias cristãs que vivem nessa cultura de desespero na qual estamos inseridos (Beyond family values: A call to Christian virtue). Que o Senhor livre as nossas famílias desses elementos prejudiciais à nossa esperança! Mas, quem pode ajudar a família a manter sua esperança no Senhor?

2) A IGREJA: “UMA COMUNIDADE DE ESPERANÇA”.

Entendemos que a Igreja é parceira da família no que tange ao combate à desesperança que há no mundo. Nesse sentido, concordamos com o escritor britânico Lesslie Newbigin, ex-missionário na África, que vê a igreja como “uma comunidade de esperança” para todos os que vivem em desespero. Em seu livro O Evangelho em uma sociedade pluralista, ele mostra a necessidade das congregações locais pararem de olhar para si mesmas e reconhecerem que elas existem para o bem daqueles que são de fora (p. 298). Mas, será que há esperança para as famílias que passam por problemas inclusive no casamento?

3) ESPERANÇA PARA FAMÍLIAS QUE PASSAM POR PROBLEMAS.

Billy Graham traz uma orientação importante para os casais que perderam a esperança de manter a família unida nos dias de hoje. Ele diz: “Se você passou por um divórcio, Deus pode perdoar o passado, curar o presente e dar esperança para o futuro. Se está casado, valorize o seu cônjuge como um dom de Deus e entregue seu casamento a Cristo” (Esperança diária: 365 mensagens para iluminar o seu dia. São Paulo: Planeta, 2017, p. 169). Se você é solteiro ou vive só, lembrese: Deus sabe os planos que tem para a sua vida (ver Jr 29.11). Confie n`Ele!

Então, há esperança para todo o tipo de família. A Palavra do Senhor diz: “Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo” (Rm 15.13, NVI).